Como criar um site profissional no WordPress?

 

Como criar um site profissional no WordPress?

 Num mercado empresarial digital é necessário que a presença seja forte, mas mais do que isso que seja bem planeada, de forma a atingir todos os objectivos propostos num plano inicial. De forma a atingirmos esse objectivo precisamos de saber mais informações sobre determinados conteúdos.

O post de hoje é sobre uma das questões mais importantes no mundo digital, a presença online através de um site profissional.

Nos últimos anos o desenvolvimento de plataformas como WordPress ou Wix tem permitido ao utilizador mais comum criar um site de raiz sem ter qualquer experiência em programação ou webdesign. Actualmente basta criar uma conta, comprar um template, ou usar um gratuito, e colocar no seu site o conteúdo que queremos. Será assim tão fácil?

A escolha entre WordPress e Wix é simples: Se o utilizador pretender um site mais completo, com mais opções e fácil de navegar deverá escolher o WordPress. Caso pretenda criar um site bastante simples então o Wix poderá ser uma opção, embora o WordPress seja preferível na maioria dos casos.

Vamos por passos:

  1. Existem duas opções: WordPress.com e WordPress.org
  2. Se optar pelo WordPress.com poderá criar um site gratuitamente, escolhendo um dos templates pré-definidos ou comprando um dos que existem. Instantaneamente poderá começar a criar conteúdo e a publicar o seu site. Contudo, não poderá instalar plugins (bastante úteis), nem personalizar quase nada do seu site. É também bastante complicado analisar o seu trafégo. Este serviço é básico e serve apenas para se criar rapidamente um site que não exija uma vertente muito profissional.
  3. Se optar pelo WordPress.org poderá alterar o código, personalizar totalmente todos os seus conteúdos, instalar plugins que serão bastante úteis, optimizar o seu site para os motores de busca (SEO) e todas as vantagens do wordpress.com. A única questão relevante com o wordpress.org é que irá necessitar de um servidor para hospeda-lo e isso poderá fazer com que tenha que gastar dinheiro.
  4. Tendo em conta que escolheu o wordpress.org, que é o mais aconselhável caso queira um site profissional, deverá primeiramente ir até http://wordpress.org e fazer download do wordpress.
  5. Em seguida deverá comprar um domínio e alojar o seu site num servidor. No caso de ter preferência de fazê-lo em Português e com a possibilidade de apoio técnico em português então poderá escolher um entre vários: https://ptisp.pt/ ou http://www.hostingportugal.pt ou https://www.ptws.pt/ ou https://www.iberweb.pt/alojamento-de-sites/index.php Caso não saiba como personalizar cada um dos serviços basta enviar um email para qualquer um dos sites a referir que necessita de criar um domínio para o wordpress.org. Os valores variam de site para site e de acordo com as suas necessidades, mas os mais baratos andam à volta de 3 – 5 euros por mês.
  6. Após ter concluído este passo, terá escolhido um “url” ou “domínio” para o seu site/empresa. Configure o seu domínio (no site onde o comprou) para apontá-lo directamente para a conta onde está alojado. Se tiver dúvidas basta seguir os primeiros 15min deste tutorial: https://www.youtube.com/watch?v=OVoXDk8ps10
  7. Após ter entrado no wordpress.org com todos os seus novos dados, vá até ao seu dashboard e clique em “plugins”. Procure pelo plugin “Page Builder SiteOrigin” e instale. Em caso de dúvidas siga as instruções presentes neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=ZzQPmsm7Amw
  8. Após todos estes passos terá todas as condições para criar um site profissional no wordpress. Em futuros posts iremos falar dos melhores plugins que deverá instalar e como aumentar o seu destaque nos motores de busca.

Para finalizar, o site da Magnar foi construído usando o page builder do wordpress, um poderoso plugin de construção de páginas. Bastante simples de usar, o page builder permite-lhe escolher a organização do seu site através de simples “wireframes”, escolhendo o que quer, onde quer e como quer, de forma simplificada. Para usá-lo basta terem acesso ao wordpress.org, não funciona em wordpress.com.